Vou falar das estradas que passamos até agora:

De Curitiba até União da Vitória a estrada está boa, sem grandes problemas.

Dali até a divisa com Santa Catarina a estrada está ruim, mas não péssima.

Em Santa Catarina a estrada melhora, mas tem muitas curvas por isso acho que vou voltar pela 101 mesmo com mais pedágios.

No Rio Grande do Sul as estradas estão em bom estado até Santana do Livramento. Em Santa Maria a estrada entra na cidade e o transito pode ser em lento e estressante.

De Santana do Livramento/Rivera (UR) até Paysandu (UR)/CóLon (AR) a estrada é bem vazia e tem trechos bem ruins inclusive com um trecho de 8 km + ou – sendo refeito. Antes de Paysandu tem apenas um posto, não deixe de abastecer ali pq o próximo é só dentro da cidade ou do lado argentino (verifique onde o preço é mais barato, se no UR ou AR). A divisa tem uma aduana integrada Uruguai/Argentina muiiiiiiiiito lenta. Demoramos quase uma hora para passarmos .

De Cólon a Rosario a estrada é muito boa. Se precisarem dormir em Nagoya NÃO FIQUEM no GRAN HOTEL. Lugar de safados e ladrões. Um muquifo.

De Rosário a Bahia Blanca fizemos o seguinte trajeto: Rosario, Pergamino, Rojas (onde almoçamos), Junin, 9 de Julho, Bolivar, Pigue, Torniquist e finalmente Bahia Blanca. Neste trecho passamos por estradas estaduais com grande diferença de piso. Algumas ruins e outras nem tanto.

De Bahia Blanca a San Antonio Oeste estrada ótima e com os retões característicos da Argentina. Começa-se aqui a entrar no deserto.
De Las Grutas a Trelew a estrada segue sendo aquele tapete bom de deslizar, mas monótono por causa das retas e da vegetação cada vez mais baixas pela chegada do deserto.

De Trelew a Comodoro Rivadavia mais retas e retas. Muito cuidado aqui que já começam a aparecer os primeiros guanacos, as lebres e outros animais menores. Outro detalhe é que neste trecho existe apenas dois postos de combustível entre estas cidades. Se estiver com meio tanque, abasteça em um dos dois senão terá de colocar o combustível do galão. A primeira parada é no Uzcudun (Uzcudoutro eu não sei onde fica). Levem um adesivo para colocar no vidro do posto.

A chegada a Comodoro Rivadavia é um refresco para os olhos cansados das retas e vegetação imutável. Entra-se na cidade entre morros quase sem vegetação e entre eles começa-se a avistar o mar.

Entre Comodoro e Caleta Olivia a estrada é linda (parece uma Rio-Santos, mas sem vegetação), mas o pavimento pavoroso, principalmente para que vai para o sul. Muito cuidado neste trecho pq tem umas panelas que podem entortar sua roda. E prepare a maquina para tirar mitas fotos.